BCM Advogados

ARTIGOS

Céus abertos: Conheça a lei que impactará o setor aéreo brasileiro!

Por André Marinho Mendonça

 

A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei (PL 2724/2015) que permite o controle acionário de 100% de capital estrangeiro nas companhias aéreas com operação no país. Sem dúvida, essa nova lei trará inúmeros ganhos para o setor aéreo e, por consequência, para o setor do turismo.

O primeiro impacto positivo deverá ser a chegada de novas companhias aéreas ao Brasil. Hoje, apenas quatro empresas têm autorização para voos domésticos (Latam, Gol, Azul e Avianca). Com a chegada da nova legislação, estima-se que esse número possa alcançar até doze companhias em atuação.

Além disso, é bem provável que com a abertura do capital, empresas estrangeiras adquiram ações das quatro empresas brasileiras, injetando investimentos nestas, aumentando os empregos e melhorando os serviços oferecidos.

Registre-se, ainda, que a chegada de novas companhias aéreas ao cenário brasileiro aumenta a concorrência e a disputa pelo mercado, o que impacta diretamente no valor das passagens aéreas.

Depois de tantas mudanças, especialmente no quesito bagagem, que não resultaram na redução do valor das passagens, agora, os consumidores podem esperar a guerra entre as companhias para atrair mais passageiros. Essa disputa deve incluir também melhorias nos programas de milhagem, já que a fidelização do consumidor será ainda mais importante.

Nessa redução de valores, no entanto, é de se esperar que alguns serviços deixem de existir ou passem a ser custeados pelo consumidor, o que já acontece com algumas companhias no que toca à marcação de assentos, alimentação, tarifas para remarcação de voo, dentre outros.

Só no mês de março houve um aumento significativo de voos da Europa para o Brasil. Em relação ao mesmo período do ano passado, o aumento foi de 8% no números de assentos e 4% no de voos. Aproximadamente 25 mil lugares e 44 voos a mais.

A expectativa para o setor do turismo é a melhor possível, já que este começa a reagir aos tempos de crise e volta a crescer com expressivas ocupações hoteleiras no período do verão.

Não temos como prever quando os primeiros impactos serão sentidos, mas a abertura dos céus brasileiros traz grande esperança e expectativas aos investidores, aos consumidores e aos empresários do ramo do turismo.

 

André Marinho Mendonça é advogado, sócio do BCM Advogados

 

[ VOLTAR PARA TODOS OS ARTIGOS ]

Assine nossa newsletter

MATRIZ SALVADOR / BA
Av. Tancredo Neves, 2539, Ed. CEO Salvador Shopping
Conj. 2307 - Torre Londres - Caminho das Árvores - Salvador - BA
Tel/Fax: 71 3355-4045
Demais cidades: 0800 071 4045
contato@bcma.adv.br

Aracaju

Brasília

Cuiabá

Florianópolis

Fortaleza

São Paulo